SHARE

Em cerimônia que contou com a presença do prefeito de Campinas, Jonas Donizette, o Vera Cruz Basquete Campinas anunciou, na manhã desta segunda-feira, 11 de dezembro, o novo time de basquete feminino da cidade. A vinda da equipe para Campinas é resultado de uma articulação da Prefeitura, por meio da Secretaria de Esportes e Lazer.

Também participaram do anúncio o vice-prefeito, Henrique Magalhães Teixeira; Gustavo Carvalho, diretor presidente do Hospital Vera Cruz; Rogério Melzi, do Hopital Care; Dário Saadi, secretário municipal de Esportes e Lazer; e Antônio Carlos Vendramini, técnico da equipe.

O novo time terá como patrocinador máster o Hospital Vera Cruz. A Sanasa, o supermercado Pague Menos e a Danny Cosméticos também vão patrocinar a equipe, que contará, ainda, com apoio da Prefeitura de Campinas e da Ponte Preta.

Com a criação da equipe, Campinas volta a ter um time profissional de basquete feminino. O grupo vai treinar no ginásio da sede social da Ponte Preta, que fica no Paineiras.

O Vera Cruz Basquete Campinas será comandado pelo técnico Antônio Carlos Vendramini e vai disputar, além da Liga Nacional, que começa em janeiro, o Campeonato Paulista, que terá início em agosto de 2018.

Apoio e carinho

“Campinas é uma cidade que tem como característica se envolver com coisas boas, coisas que trazem carinho, e um time que carrega o nome da nossa cidade certamente será abraçado por Campinas. Claro que torcemos pelos resultados positivos, mas a gente vai saber apoiar, saber entender todo o desenvolvimento do time para que ele possa obter os resultados que almeja”, disse o prefeito Jonas Donizette.

Jonas ressaltou, ainda, a importância do esporte para o desenvolvimento de crianças e adolescentes. “O esporte traz disciplina e ajuda a moldar a personalidade da pessoa. Além do apoio ao time profissional, nós vamos usar o esporte como ferramenta social, como já fazemos com o vôlei”, completou.

“Ao incentivarmos o esporte, promovemos a saúde. O Hospital Vera Cruz sente-se honrado ao patrocinar o basquete feminino oficial de Campinas e, dessa forma, atuar com responsabilidade social de cuidar da vida e também promover a nossa cidade”, ressaltou Gustavo Carvalho.

Para o técnico do time, Antônio Carlos Vendramini, o projeto vai muito além do basquete profissional. “Não estamos trazendo só um time campeão. Atrás disso vem um projeto para trabalhar com crianças nas áreas mais vulneráveis da cidade e uma ideia de categorias de base para trabalhar com adolescentes. É muito mais que um time, é um projeto”.

O vice-prefeito lembrou da história do seu pai, Magalhães Teixeira, que, segundo ele, foi inserido na sociedade campineira por conta do basquete. “O esporte é de uma grandeza, de uma vastidão impressionante. Meu pai pôde, por meio do esporte, se inserir em uma sociedade que na época era muito fechada, e quebrar alguns paradigmas”, disse.

Henrique também comparou o esporte com sua formação, desenvolvida na área musical. “O esporte traz um elemento de disciplina, de perseverança, de buscar resultados a médio e longo prazoz. Em uma sociedade imediatista como a nossa, isso é muito importante”, completou.

História antiga

O Vera Cruz Basquete Campinas usará como slogan “O projeto é novo, mas a história é antiga”, porque a base do time era a que atuava como Corinthians de Americana, maior campeão na modalidade nos últimos 20 anos com títulos estaduais, brasileiros e sul-americanos.

O time terá a seguinte escalação:

Aline Cristina Cezario de Moura

Ana Carolina Demori Calixto

Bárbara Generoso Honório

Beatriz Silva de Oliveira

Carla Patrícia Silva Lucchini

Fabiana Caetano de Souza

Jeanne Flausino Morais

Karla Cristina Martins da Costa

Mariana Moura Queiroz Dias

Melisa Paola Gretter

Mônica Fernanda da Silva

Patrícia Teixeira Ribeiro

LEAVE A REPLY