SHARE

Miguel aparece como o nome mais registrado, seguido por Alice e Arthur. Nova metodologia do estudo compila variações de nomes simples e compostos.

 Miguel foi o nome mais escolhido pelos pais dos recém-nascidos na região de Campinas no ano de 2017. O nome de origem hebraica está no topo da lista dos mais registrados na região, dando nome a 1.345 recém-nascidos na região formada por 98 cidades. Na sequencia aparecem Alice, o primeiro nome feminino da lista, com 995 registros de nascimentos, e Arthur, com 948 registros.

Um novo ranking, mais completo e detalhado, desenvolvido pela Associação dos Registradores de Pessoas Naturais do Estado de São Paulo (Arpen/SP) com base nas informações dos 836 Cartórios paulistas prestadas à Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC Nacional) mapeou um estudo completo sobre os nomes mais registrados no Estado de São Paulo em 2017.

 A nova metodologia permitiu a segura identificação de nomes simples e compostos e a comparação efetiva para se chegar aos nomes mais escolhidos dentre os 62.108 nascimentos registrados na região até o dia 10 de dezembro deste ano. Ao todo, a população da região escolheu um total de 6.742 nomes diferentes, alguns deles com ampla variação de grafia, além dos tradicionais nomes diferentes escolhidos pelos pais.

Em 2017, além dos três primeiros colocados, a lista dos “10 Mais” da Região conta com Davi (758 registros), Laura (684 registros), Helena (661 registros), Lorena (659 registros), Lorenzo (640 registros), Sophia (633 registros) e Gabriel (633 registros).

No ranking separado por sexo, os 10 nomes masculinos mais escolhidos foram Miguel (1.345), Arthur (948), Davi (758), Lorenzo (640), Gabriel (633), Heitor (556), Pedro (470), Enzo Gabriel (468), Lucas (466) e Pedro Henrique (435).

Já entre as mulheres, o ranking dos 10 nomes mais registrados foram Alice (995), Laura (684), Helena (661), Lorena (659), Sophia (633), Valentina (631), Heloisa (540), Lívia (520), Maria Eduarda (500) e Júlia (459).

LEAVE A REPLY