SHARE

A cada dia, mais jovens estão apresentando perda de audição causada pelo uso irregular de fones de ouvido. Os adolescentes usam os equipamento de som com volume muito alto e a audição deles não é tão normal como antigamente. A alerta dos fonoaudiologos é que eles devem observar a altura, pois se conti­nuar a usar esse som alto, podem ter uma perda irreversível.
As perdas auditivas por causa de ruído estão aumentando entre a população, tanto por ruído industrial, quanto por equipamentos de som. Fonoaudiologos aconselham os pais e responsáveis a monitorar o volume dos fones de ouvido dos seus filhos. “Se você estiver a 1 metro da pessoa e ouvir o que ela está escutando, ela provavelmente, terá uma perda de audição. A 1 metro de distância, você não deve ouvir o que a pessoa está escutando no fone de ouvido”. A orientação é baixar o volume. O risco é tanto que houve uma proposta de projeto de lei no Congresso Nacional para que ­esses equipamentos tenham controle máximo de volume, mas isso ainda não foi aprovado.

Prevenção e tratamento

O Conselho de Fonoaudiologia alerta que existem várias situação que podem causar problemas de audição e muitas delas são preveníveis.As causas para a perda de audição dependem da fase da vida. Os bebês, por exemplo, podem nascer com deficiência auditiva por problemas na gestação, quando a mãe é usuária de drogas, teve sífilis ou rubéola durante a gravidez, ou problemas no parto.Por isso, é importante fazer o teste da orelhinha na maternidade, para saber se nasceu surdo ou não, e intervir, se necessário.
No caso das crianças, as otites devem ser tratadas com cuidado e a vacinação deve estar em dia. Doenças como meningite e ­caxumba podem causar perda de audição, por exemplo, e há vacinas disponíveis na rede pública. No caso dos adolescentes, além do uso irregular dos equipamentos de som, eles podem ter as mesmas patologias das crianças.
Há causas que não são preveníveis, como algumas doenças em adultos, otosclerose e AVC por exemplo, e em casos de AVC, além das perdas progressivas causadas pela idade. Mas há muitas que se consegue prevenir, principalmente por controlar a exposição ao ruído.
O uso de aparelho auditivo não previne a progressão da perda de audição. A prevenção, no caso de exposição a ruído, é parar de se expor, então, aquela perda estaciona, mas não melhora, por isso, é tão importante atentar-se ao ­volume do fone de ouvido, evitando perdas e danos a audição a longo prazo.

LEAVE A REPLY