SHARE

O período da Páscoa trouxe ânimo para o comércio varejista em Campinas.  Entre os dias 14 e 20 de abril, o volume de vendas expandiu em 1,65% sobre as vendas registradas no mesmo período de 2018. Este resultado, segundo a Associação Comercial e Industrial de Campinas (Acic), indica que em Campinas o faturamento atingiu R$ 269 milhões, enquanto que na RMC o total foi de R$ 531,2 milhões.

O foco das vendas se concentrou nos ovos de Páscoa industrializados, nos chocolates e seus sub-produtos e, principalmente, na manufatura de artigos da linha infantil; roupas e brinquedos. 

 Mantendo a tradição, as vendas de produtos derivados do mar: peixes, bacalhau e crustáceos, também evoluíram positivamente, apesar dos preços apresentarem um aumento em média de 6,50% em relação a 2018. 

As contratações de emprego temporário da Páscoa também apontaram uma evolução positiva em  1,45%, indicando que foram efetivadas em Campinas, 2.475 novas contratações, para a Páscoa deste ano.

De acordo com Laerte Martins, economista e diretor da Acic, a expectativa do Comércio era de uma expansão de 2,50% no volume das vendas, mas as incertezas da economia frente às aprovações das Reformas Previdenciária e Fiscal, inibem ainda, a Confiança dos Consumidores, diante o mercado. 

 

 

 

LEAVE A REPLY