SHARE

 Começou nesta semana o período para solicitar transferência para outras unidades da rede estadual. O pedido pode ser realizado até o dia 10 de janeiro pelos pais e responsáveis dos cerca de 3,7 milhões de alunos matriculados nas 5 mil escolas do Estado.

O resultado destas solicitações será divulgado a partir do dia 12, por meio da Secretaria Escolar Digital (https://sed.educacao.sp.gov.br/ConsultaPublica/Consulta), com acesso pelo Registro do Aluno (RA) e data de nascimento, ou ainda na unidade escolar onde foi realizada a inscrição.

Qualquer escola da rede estadual é ponto de inscrição para solicitar a transferência, que será avaliada pela equipe gestora. Para o requerimento é necessário apresentar o documento de identidade (ou certidão de nascimento) do aluno e comprovante de residência.

Os critérios para efetivação da transferência são: ter realizado mudança de endereço ou a disponibilidade de vagas na unidade. Caso não sejam transferidos, continuarão a estudar na unidade de ensino onde estão atualmente matriculados. Todos os estudantes têm a matrícula garantida para o ano letivo de 2018.

Matrículas e transferências

Após a volta às aulas, em 1 de fevereiro, também será possível solicitar transferência de unidade escolar com o mesmo procedimento deste primeiro período. As escolas também continuarão recebendo matrículas de novos alunos interessados em estudar na rede estadual durante todo o ano. Para fazer este cadastro basta ir à unidade de ensino mais próxima com documento de identidade (certidão de nascimento ou RG) e comprovante de residência. No caso de alunos menores de idade, a matrícula deve ser efetuada pelos pais ou responsáveis.

LEAVE A REPLY