SHARE
Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas (OSMC) realiza nos dias 17 e 18 de maio, às 20h, no Teatro Castro Mendes, concerto especial da Semana Internacional Contra a Homofobia. A regência será do Maestro Victor Hugo Toro e terá a participação do Tenor Flávio Leite.
A apresentação terá início com a obra “Ballet Suite”, de Jean-Baptiste Lully, seguida pelo compositor Benjamin Britten, com  “Les illuminations, Op.18”. No encerramento, Piotr Ilitch Tchaikovsky , com  “Suite No.1, Op.43, TH 31”.
A  entrada é gratuita e os ingressos devem ser trocados por 1 quilo de alimento não perecível, com uma hora de antecedência, nas bilheterias do teatro.
Crianças maiores de 12 anos de idade devem entrar acompanhadas.
Bandeira
Também conhecido como “Dia Mundial de Luta Contra a LGBTIfobia”,  a data foi escolhida para lembrar a exclusão da homossexualidade da Classificação Internacional de Doenças da OMS, em 17 de maio de 1990. Nesta data são organizadas diversas atividades que promovem e apoiam a igualdade de direitos das pessoas da comunidade LGBT para formar uma sociedade que baseada na tolerância e respeito ao próximo, independente da sua orientação sexual.
Os concertos fazem parte das atividades do fórum “Campinas pela paz” 2019 e também dão início às atividades do Mês da Diversidade, que seguirão até junho.
Victor Hugo Toro
Nascido em Santiago do Chile, realizou estudos de regência orquestral e graduou-se pela Faculdade de Artes da Universidade do Chile. Foi vencedor do II Concurso Internacional de Regência Orquestral -Prêmio OSESP – Organizado pela Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo e tem sido convidado a reger as mais importantes orquestras de seu país, tais como as Sinfônicas do Chile, Antofagasta, Concepción, La Serena, Orquestra Clássica da Universidade de Santiago, Orquestra de Câmara do Chile, Orquestra de Câmara de Valdivia e Orquestra Nacional Jovem.
Além da OSESP, onde foi regente assistente e apresentou importantes peças do repertório universal, assim como primeiras audições de repertório brasileiro, tem sido convidado a reger a Orquestra Jovem do Estado de São Paulo, Sinfônicas da Bahia, do Paraná, Porto Alegre, Caxias do Sul, Camerata Antiqua de Curitiba, Sinfônica do Sodre (Uruguai), Filarmônica de Montevidéu, da Universidade Nacional de Cuyo (Argentina), de Rosário (Argentina) e Filarmônica da Universidade Nacional Autônoma do México (OFUNAM).
Junto ao seu importante trabalho com orquestras jovens de seu país, Victor Hugo Toro é também compositor e suas obras têm sido interpretadas por diversos grupos sinfônicos e de câmara. Ele foi escolhido um dos 100 líderes jovens do Chile pelo jornal “El Mercurio” e recebeu uma homenagem da Câmara Municipal de São Paulo pelo seu trabalho em prol da música, da sociedade paulistana e do intercâmbio cultural entre Chile e Brasil. Foi regente principal da Orquestra Sinfônica do SODRE, em Uruguai e regente residente da Companhia Brasileira de Ópera, com quem realizou uma grande tournée de 89 espetáculos por 15 cidades brasileiras. Recentemente foi laureado pela Sociedade Brasileira de Artes, Cultura e Ensino com a Ordem do Mérito Cultural “Carlos Gomes” no grau de comendador, recebeu de parte da Câmara Municipal de Campinas a medalha “Carlos Gomes”, pelos relevantes serviços prestados à cidade. Atualmente é diretor artístico e regente titular da Orquestra Sinfônica Municipal de Campinas.
Tenor Flávio Leite
Presença frequente nas temporadas dos principais palcos nacionais, Flávio Leite tem se firmado como um dos mais atuantes e versáteis cantores líricos brasileiros de sua geração.
Acumula experiência em óperas que vão desde Il Combattimento di Tancredi e Clorinda de Monteverdi à Lulu de Alban Berg.  Com especial atenção às óperas de compositores brasileiros contemporâneos, nos últimos anos fez as estreias mundiais de diversas óperas.
Desenvolve ainda ampla atividade como camerista e solista em oratórios e obras sinfônicas como Magnificat, Cantata do Café e Oratório de Natal de Bach, Messias de Händel, A Criação de Haydn, Requiem de Mozart e de José Maurício Nunes Garcia, Nona Sinfonia e Fantasia Coral de Beethoven, Stabat Mater e Petite Messe Solennelle de Rossini, Messa di Gloria de Puccini, Carmina Burana de Orff e Le Roi David de Honegger com os principais regentes e orquestras brasileiros.
Flávio Leite é pós-graduado pelo Conservatório Superior del Liceu, em Barcelona e Mestre em Música pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.
Programa
Jean-Baptiste Lully
Ballet Suite
Benjamin Britten
Les illuminations, Op.18
Piotr Ilitch Tchaikovsky
Suite No.1, Op.43, TH 31
Serviço
Orquestra Sinfônica de Campinas
Horário: 17/05, sexta, às 20h;
              18/05, sábado , às 20h.
Local: Teatro Castro Mendes (Praça Corrêa de Lemos,s/nº, Vila Industrial. Campinas). Telefone (19) 3272-9359.
Ingresso: 1 quilo de alimento não perecível, que poderá ser trocado pelo convite uma hora antes do início das apresentações, na bilheteria do Teatro Castro Mendes.

LEAVE A REPLY