SHARE

O “Príncipe dos Poetas Brasileiros”, nascido em Campinas, será homenageado com ampla programação

O “príncipe dos poetas” Guilherme de Almeida, um dos nomes mais expressivos da produção literária brasileira, nascido em Campinas, e que continua a inspirar a nova geração, terá suas vida e obra revisitadas ao longo de toda uma semana, com vasta programação.

As atividades acontecem de 4 a 11 de julho, sempre com entrada gratuita. O evento é realizado pela Secretaria Municipal de Cultura, por meio da Coordenadoria Setorial de Bibliotecas, em parceria com uma comissão formada por entidades e academias da cidade.

A novidade desta edição da homenagem ao poeta campineiro foi o concurso de poesias que envolveu 700 alunos do 9º ano de 15 escolas municipais. Após encontros nos quais Guilherme de Almeida foi o tema, os estudantes foram motivados a criar suas própriaspoesias.

A premiação acontece na abertura da Semana, na terça-feira, 4 de julho, às 14h, no Teatro Castro Mendes. Os cinco melhores autores receberão certificado de Honra ao Mérito expedido pelas Secretarias de Cultura e Educação; medalhas pelo Centro de Ciências, Letras e Artes e ingressos para a Orquestra Sinfônica de Campinas. O primeiro colocado terá sua poesia publicada na 11º antologia do Portal do Poeta Brasileiro (editora Iluminatta).

A Semana reservou para a pré-abertura a palestra da professora Maria Eugenia Boaventura, da Unicamp, no dia 3, às 20h, na Academia Campinense de Letras.

O Projeto “Leve, Leia e Liberte”, da Biblioteca “Ernesto Manoel Zink”, também irá movimentar a maratona literária. Serão deixados alguns pacotes em locais públicos da cidade contendo livros de literatura adulta e infantil, HQs e haikais (forma de escrever poesia consagrada pelos japoneses, adotada por Guilherme de Almeida quando teve proximidade com a comunidade japonesa), doados pelo Instituto Cultural Nipo Brasileiro de Campinas.

Para quem encontrar um pacote, a ideia é que usufrua da leitura e deixe o material em um local público diferente da cidade, para que outra pessoa faça o mesmo. A ação vai criar uma rede de leitura em Campinas, como forma de incentivo à prática da leitura.

Entre outras atividades, o público poderá participar, na quinta, 6, da distribuição de livros de literatura do projeto “Leve, Leia e Liberte”, na praça Guilherme de Almeida, às 10h. Haverá apresentação da Banda do Centro de Aprendizagem e Mobilização pela Cidadania Patrulheiros e dos integrantes da Associação Brasileira Carlos Gomes de Artistas Líricos (ABAL), declamações poéticas e ações de “poesias na bandeja” pelo Portal do Poeta Brasileiro, além da participação do ônibus biblioteca, com visita monitorada.

Para conferir toda a programação, acesse https://semanaguilhermedea.wixsite.com/sga04-07-a-11-07.

Príncipe dos Poetas

Guilherme de Almeida, poeta e ensaísta, nasceu em Campinas, em 24 de julho de 1890, e faleceu em São Paulo, em 11 de julho de 1969. Filho do jurista e professor de Direito Estevam de Almeida, estudou nos ginásios Culto à Ciência, de Campinas, e São Bento e Nossa Senhora do Carmo, de São Paulo. Cursou a Faculdade de Direito de São Paulo, onde colou grau de bacharel em Ciências Jurídicas e Sociais, em 1912. Dedicou-se à advocacia e à imprensa em São Paulo e no Rio de Janeiro. Foi redator de O Estado de São Paulo, diretor da Folha da Manhã e da Folha da Noite, fundador do Jornal de São Paulo e redator do Diário de São Paulo.

A publicação do livro de poesias “Nós” (1917), iniciando sua carreira literária, e dos que se seguiram, até 1922, de inspiração romântica, colocou-o entre os maiores líricos brasileiros. Em 1922, participou da Semana de Arte Moderna, fundando depois a revista Klaxon. Percorreu o Brasil, difundindo as ideias da renovação artística e literária, através de conferências e artigos, adotando a linha nacionalista do Modernismo, segundo a tese de que a poesia brasileira “deve ser de exportação e não de importação”. Os seus livros “Meu” e “Raça” (1925) exprimem essa orientação fiel à temática brasileira.

A sua entrada na Casa de Machado de Assis significou a abertura das portas aos modernistas. Formou, com Cassiano Ricardo, Manuel Bandeira, Menotti del Picchia e Alceu Amoroso Lima, o grupo dos que lideraram a renovação da Academia. Em concurso organizado pelo Correio da Manhã foi eleito, em 16 de setembro de 1959, “Príncipe dos Poetas Brasileiros”.

Foi membro da Academia Paulista de Letras: do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo; do Seminário de Estudos Galegos, de Santiago de Compostela, e do Instituto de Coimbra. Traduziu, entre outros, os poetas Paul Géraldy, Rabindranath Tagore, Charles Baudelaire, Paul Verlaine e, ainda, a peça “Entre quatro paredes”, de Jean Paul Sartre.

O acervo pessoal do poeta pode ser consultado no Cedae/IEL Centro de Documentação Cultural Alexandre Eulalio, do Instituto de Estudos da Linguagem (IEL) da Unicamp. A Biblioteca Ernesto Manoel Zink tem em exposição algumas das suas obras.

Semana Guilherme de Almeida

Programação

3 de julho  – segunda-feira

Horário: 20h

Pré-abertura

Palestra: Guilherme de Almeida e o Modernismo

Palestrante Profa. Drª Maria Eugenia Boaventura – Unicamp

Local: ACL – Academia Campinense de Letras

Rua Marechal Deodoro, 525 – Centro – Telefone: 3231.2854

4 de julho – terça-feira

Horário: 14h

Premiação do Concurso Estudantil de Poesia Guilherme de Almeida

  • Apresentação da Banda EsPecex
  • Coreografia “Poema Concreto”  – Academia Karen Righetto Ballet – coreógrafa Juliana Hadler
  • Apresentação artística – Associação Brasileira Carlos Gomes de Artistas Líricos  (ABAL)
  • Declamações de Poesias – Poetas Lisa França e Tércio Stal
  • Premiação do Concurso

Local – Teatro Castro Mendes

Praça Correa de Lemos, s/nº – Vila Industrial

6 de julho – quinta-feira

Horário: 9h

Homenagens a Guilherme de Almeida

  • Apresentação da Banda do Centro de Aprendizagem e Mobilização pela Cidadania (CAMPC) Patrulheiros
  • Declamações de Poesias e Poesia na Bandeja – Portal do Poeta Brasileiro
  • Apresentação artística – Associação Brasileira Carlos Gomes de Artistas Líricos  (ABAL)
  • Varal e balões de poesia
  • Doação de livros – Projeto “Leve, Leia & Liberte”
  • Visita monitorada ao Ônibus Biblioteca

Local – Praça “Guilherme de Almeida”

Av. Francisco Glicério – em frente ao Palácio da Justiça – Fórum

8 de julho – sábado

Horário: 15h30

Solenidade em homenagem a Guilherme de Almeida

Local –  Academia Campineira de Letras e Artes

  1. Dr. Mascarenhas, 412 – Centro – Telefone: 98874-8498

9 de julho – domingo

Horário: 9h

Solenidade Cívico Militar – Revolução de 32

Local: Praça dos Voluntários de 32

Av. da Saudade. s/n – Ponte Preta – Cemitério da Saudade

11 de julho – terça-feira

Horário: 20h

Sessão Solene “Medalha Guilherme de Almeida”

  • Recital – Associação Brasileira Carlos Gomes de Artistas Líricos (ABAL)

Local: Câmara Municipal de Campinas – Plenário José Maria Matozinho

Av. Eng.º Roberto Mange, 66 – Ponte Preta – Telefone: 3736-1300

Durante toda a semana: 4 a 11 de Julho

Horário: 9h às 17h

Exposição sobre Guilherme de Almeida

Local: Biblioteca Ernesto Manoel Zink

Av. Benjamin Constant, 1633 – Centro – Telefone: 2116-0423

Horário: 10h e 15h

Curta Metragem “Os Hai-kais do Príncipe”, filme de Maurício Squarisi

Local: Biblioteca Pública Infantil “Monteiro Lobato”

Praça Samuel Wainer – Bosque dos Italianos

Rua Albano de Almeida Lima, s/n – Telefone: 3234-2613

LEAVE A REPLY