SHARE
Nos dias atuais, Portugal já se tornou o país mais desejado da Europa para se viver, principalmente por brasileiros. Para quem pretende iniciar uma nova vida, mas longe da urbanização, o país também possui pequenas e ótimas cidades para quem deseja sossego e qualidade vida.
  • FARO- Distrito de Faro
Faro está na região portuguesa com as temperaturas mais amenas durante todo o ano, o Algarve. No verão, o local é inundado por turistas nacionais e estrangeiros, e é nesta altura que também surgem mais oportunidade de empregos no setor turístico para poder suprir a demanda da alta temporada. 65 mil habitantes | 8º lugar no ranking de qualidade de vida
  •  FUNCHAL – Ilha da Madeira
A Ilha da Madeira apresenta-se como uma excelente alternativa no quesito custo-benefício. Sair do continente pode não parecer uma boa ideia à primeira vista, mas o Funchal tem atributos suficientes para ser uma excelente escolha. Destaca-se ainda no turismo e no desenvolvimento de negócios. 115 mil habitantes | 7º lugar no ranking de qualidade de vida
  •  AVEIRO – Distrito de Aveiro
Conhecida como a Veneza portuguesa, Aveiro é uma cidade encantadora que conta com preços atrativos de casas, além de oportunidades profissionais crescentes, especialmente para os setores criativos. Destaca-se no turismo, mas também atrai cada vez mais investidores. 80 mil habitantes | 12º lugar no ranking de qualidade de vida
  •  PORTIMÃO – Distrito de Faro
A cidade de Portimão fica no sul de Portugal, no Algarve. É uma excelente cidade para se morar, possui praias de águas claras e é um importante centro de pesca e turismo. O Algarve é um dos destinos de sonho de milhares de aposentados, sendo a região turística mais importante de Portugal. 40 mil habitantes | 17º lugar no ranking de qualidade de vida
  • GUIMARÃES – Distrito de Braga
Guimarães é uma cidade muito bem preservada na região norte do país. Cheia de praças, flores e com muita qualidade de vida. É ideal para quem busca tranquilidade de uma cidade pequena. Seu centro histórico é considerado Patrimônio Cultural da Humanidade pela UNESCO. 158 mil habitantes | 14º lugar no ranking de qualidade de vida

LEAVE A REPLY