SHARE

Cerimônia no Paço Municipal uniu arte e conscientização sobre exames de prevenção para detecção do câncer de mama em estágio inicial, quando a chance de cura é maior.

A Prefeitura de Campinas lançou na tarde desta sexta-feira, dia 1o de outubro, o Outubro Rosa, campanha que é realizada todos os anos neste mês com a intenção de alertar a sociedade sobre a importância do diagnóstico precoce do câncer de mama. Uma cerimônia no saguão do Paço Municipal marcou o início da programação, que teve também música ao vivo, exposição de quadros e reunião de entidades, autoridades e público em geral.

Em sua fala no evento, o prefeito em exercício de Campinas, Wanderley de Almeida, pediu ao público um momento de reflexão dedicado às muitas vítimas da Covid-19. “Pessoas que não puderam estar aqui conosco hoje neste momento festivo”, frisou, afirmando que uma das lições da pandemia “é a necessidade de ter um serviço público de qualidade quando a população precisa”.

Ele contou a experiência pessoal de sua própria mãe, que sobreviveu à doença graças à descoberta em estágio inicial do câncer de mama, que permitiu um tratamento bem-sucedido, e fez o registro de uma amiga que passou pela mesma situação recentemente e estava presente à abertura do Outubro Rosa para reforçar a necessidade dos exames preventivos. A mãe do prefeito em exercício foi diagnosticada precocemente em uma consulta de rotina preventiva. “Se ela não tivesse tido o diagnóstico precoce e a oportunidade do tratamento, não teria tido este tempo de vida a mais que está tendo com a família”, disse.

Segundo Wanderley de Almeida, embora Campinas seja uma cidade privilegiada em termos de serviços de Saúde, é preciso que todos se engajem na campanha Outubro Rosa para que a informação chegue a mais pessoas e atinja toda a comunidade. “Há a necessidade de expandir a iniciativa”, disse aos presentes, pedindo que cada pessoa contribua divulgando em suas redes sociais o Outubro Rosa e sua programação, para multiplicar as informações. “Sua ação pode ser decisiva para salvar uma pessoa”, reforçou.

Durante todo o mês de outubro haverá uma programação de atividades culturais, recreativas, palestras e mobilizações nos locais, acompanhando o rodízio das carretas para atrair as mulheres para a realização do exames preventivo, a mamografia. A programação estará disponível no portal da Prefeitura de Campinas, em https://www.campinas.sp.gov.br/outubrorosa2021/; no Facebook https://www.facebook.com/campinasoutubrorosa; no Instagram @outubrorosacampinas; e no canal do Youtube https://www.youtube.com/channel/UC9U9H7ibUr-wiymuyP1ir9g.

União de forças

A campanha Outubro Rosa é organizada pelas secretarias municipais de Saúde, de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas, de Cultura e Turismo, de Esportes e Lazer e pelo Gabinete do Prefeito. Também conta com a colaboração das secretarias municipais de Administração; de Comunicação; Desenvolvimento Econômico e Social; Cooperação nos Assuntos de Segurança Pública e Guarda Municipal; Serviços Públicos; e do Cerimonial do Gabinete do prefeito e da Rede Mário Gatti.

O objetivo da campanha é diminuir a quantidade de casos avançados e a mortalidade da doença, conscientizar a população sobre a importância do diagnóstico precoce, desmistificar receios sobre o exame e sobre o tratamento, aumentar o número de mamografias e informar sobre o aumento da agilidade e eficiência do processo. Neste ano, duas carretas móveis do Hospital de Amor, que fazem exames preventivos de câncer de mama em mulheres, além da unidade fixa que fica na sede do Hospital do Amor, estarão estacionadas em pontos estratégicos, fazendo rodízio entre os distritos do município.

A coordenadora da Saúde da Mulher da Secretaria Municipal de Saúde de Campinas, Miriam Siesler Nóbrega, fez a fala inicial da cerimônia e lembrou que não é apenas durante o Outubro Rosa que as mulheres devem fazer seus exames. Embora seja uma oportunidade de ampliar o atendimento com as carretas móveis do Hospital do Amor indo aos bairros, a Rede Municipal de Saúde está apta a fazer o diagnóstico preventivo e inicial durante todo

ano, com oferta contínua de exames, bastando procurar um dos 67 Centros de Saúde da cidade para o encaminhamento dos agendamentos.

A doença é responsável por cerca de 30% dos diagnósticos de câncer em Campinas e chega a ter índice de mortalidade de 17%. Mas quando o diagnóstico ocorre logo no início, há até 95% de chances de cura.

Participaram da cerimônia de abertura do Outubro Rosa nesta sexta-feira as secretárias municipais de Assistência Social, Vandecleya Moro; de Gestão de Pessoas, Eliane Jocelaine Pereira; de Desenvolvimento Econômico e Social, Adriana Flosi; de Cultura e Turismo, Alexandra Caprioli; de Segurança Pública, Christiano Biggi; e o secretário de Saúde, Lair Zambon. O vereador Paulo Haddad, que também é médico, representou a Câmara no evento. Em suas falas, todos reforçaram a importância de sensibilizar a sociedade para os exames de prevenção e a detecção precoce do câncer de mama.

A secretária Alexandra Caprioli, uma das organizadoras, destacou em sua fala aos presentes o lema do Outubro Rosa deste ano em Campinas: “Nossa vida no teu seio mais amores”, frase do Hino Nacional Brasileiro que lembra a importância simbólica e real do seio como fonte de vida, como a própria terra. “Essas carretas para os exames preventivos vão circular a cidade toda para chegar perto das pessoas”, disse, frisando como é importante se cuidar, e os homens incentivarem também suas mulheres a fazerem os exames – mães, esposas e filhas.

Abertura

Nesta sexta-feira, 1o de outubro, a abertura oficial da celebração do Outubro Rosa em Campinas contou, desde as 13h, com a apresentação do premiado músico e violonista Gilson Macedo no saguão do Paço Municipal. Convidado pela Associação dos Músicos de Campinas (AMA), ele apresentou clássicos da MPB ao público que circulou pelo local durante a tarde.

Também no início da tarde, o Grupo SonHe Oncologia e Hematologia abriu a exposição “Mulheres Verdadeiras,” no saguão do Paço Municipal. A mostra traz as histórias de 12 mulheres diagnosticadas com câncer de mama que são representadas em telas, a partir do relato em um e-book. A autoria é da universitária campineira Ana Lima, que transformou cada uma das histórias em figuras artísticas.

Os voluntários da entidade Rosa e Amor participaram com a venda de camisetas em prol da campanha Outubro Rosa, em um estande montado no saguão da Prefeitura. Neste ano, as camisetas estão sendo comercializados por R$ 20,00 cada, e a renda da comercialização será revertida para o Caism Unicamp e para o Grupo Rosa e Amor.

A Campanha Outubro Rosa 2021 tem a participação de entidades e parceiros: Associação dos Músicos de Campinas (AMA); Azul Linhas Aéreas; Caism (Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher) da Unicamp; Centro Integração Cidadania (CIC); COC (Centro de Oncologia Campinas); Danny Cosméticos; Dimen Medicina Nuclear; Emdec; Eletromidia; EPTV; Grupo Mulheres do Brasil; Grupo Rosa e Amor; Grupo SOnHe Oncologia e Hematologia; Hospital do Amor; Hospital Santa Tereza; Patrulheiros Campinas; Rede Mário Gatti; Sanasa; Setec; Rosa D’Água; Shopping Parque das Bandeiras; Symetria Beleza e Estética; Transforma Campinas; e Unimed Campinas.

LEAVE A REPLY