SHARE

Olá pessoal, como estão? Imagino o quanto deve estar sendo difícil para cada um de vocês passar pela experiência de uma pandemia. Mas se seguirmos todas as orientações das autoridades, logo iremos superar tudo isso. E hoje eu vim falar sobre como reforçar a segurança alimentar em meio a disseminação de uma doença contagiosa como essa.

Vamos começar com algumas das principais dúvidas:

  1. O que devo comer para melhorar a imunidade?

Agora mais do que nunca precisamos comer comida de verdade. O Conselho Federal de Nutrição publicou uma nota no mês de março de 2020 que reforça a importância de seguirmos as orientações do Guia Alimentar para População Brasileiro (de livre acesso online). O Guia nos orienta a comer alimentos mais naturais, o que significa comer mais comida in natura como frutas, verduras, hortaliças, feijão, arroz, carnes entre outras, e menos comida que industrializada. A regra é: descasque mais, desembale menos.

  1. Como devo higienizar os alimentos?

Especialmente as frutas e hortaliças devem ser lavadas cuidadosamente. Para isso, antes de guardar na geladeira/fruteira, devem ser deixadas de molho em solução clorada. Pode ser utilizado o hipoclorito ou a água sanitária (verifique o rótulo se pode ser utilizada e qual a diluição indicada pelo fabricante). Esses produtos são facilmente encontrados e são eficazes para matar o coronavirus.

  1. Esses “shots” da imunidade são bons?

Alimentos/ingredientes como mel, própolis, cúrcuma, limão, entre tantos outros, contêm diversas substâncias antioxidantes e que podem fortalecer seu sistema imunológico. Entretanto, isoladamente não serão eficientes e nem farão milagres. Se você não se alimenta bem, não pratica exercícios físicos regularmente, é pouco provável que esses “shots” façam algum efeito. Por isso, aproveite os dias de quarentena para inovar nas receitas e comer melhor.

E não esqueçam: a maior arma que temos nesse momento além do isolamento social é a lavagem efetiva das mãos! O álcool gel a 70% pode ser sim utilizado, mas se não estiver com as mãos visualmente limpas o efeito dele será prejudicado. No mais, procurem informações confiáveis como as passadas pelos órgãos governamentais e fujam de promessas e receitas milagrosas contra o vírus. Se cuidem.

Samantha e Regina.

LEAVE A REPLY