SHARE

A Secretaria Municipal de Saúde divulgou nesta quarta-feira, dia 15 de junho, o balanço parcial da Campanha de Vacinação contra a Gripe (Influenza). Desde o início da Campanha, em 26 de março, 232.479 pessoas foram vacinadas contra a gripe em Campinas.

A vacinação está disponível em 65 centros de saúde até o dia 24 de junho (apenas os CSs Joaquim Egídio e Boa Esperança não participam da vacinação). É importante que os munícipes procurem as unidades o quanto antes. Os endereços e horários de funcionamento das salas de vacina dos Centros de Saúde está disponível na página wwww.vacina.campinas.sp.gov.br.  

Estão incluídos na campanha de vacinação pessoas a partir de 60 anos, crianças entre seis meses e menores de cinco anos, trabalhadores da saúde, professores das redes pública e privada, povos indígenas, pessoas com deficiência, pessoas com comorbidades, gestantes e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto).

Também estão contemplados os caminhoneiros, trabalhadores do transporte coletivo rodoviário, trabalhadores portuários, forças de segurança e salvamento, forças armadas, funcionários do sistema prisional, população privada de liberdade, além de adolescentes e jovens sob medida socioeducativa.  

Segundo a articuladora do Programa Municipal de Imunização, Chaúla Vizelli, a vacina é segura e eficaz, reduz o risco de morte e as hospitalizações. Também é uma forma de proteger outras pessoas porque antes mesmo de saber que está infectada, uma pessoa pode passar o vírus a outras. Chaúla ressalta ainda que todos os anos, a vacina é atualizada para garantir a efetividade de proteção contra as novas cepas circulantes do vírus. Neste ano, ela protege contra as cepas H1N1, H3N2 (subtipo Darwin, que causou surtos localizados no Brasil no fim de 2021) e tipo B. “Por isso, é importante lembrar que mesmo quem tomou o imunizante contra a gripe no ano passado precisa se vacinar agora.” 

 Balanço parcial  

O balanço parcial da Secretaria Municipal de Saúde mostra que, até agora, a maior cobertura vacinal é a das pessoas idosas, com 88% do público-alvo atingido (128.554 doses aplicadas). Em seguida, está o grupo de trabalhadores de saúde, com 59% de cobertura e 31.118 pessoas vacinadas.  

A Secretaria alerta para a necessidade de ampliar a cobertura para que mais pessoas sejam protegidas. No caso das crianças, apenas 43% do público-alvo foi vacinado até agora, o que representa 27.359 doses aplicadas. Para as puérperas, a porcentagem é de 51%, com 854 mulheres vacinadas. O grupo de gestantes tem a taxa mais baixa: 36%, com 3.683 doses aplicadas. 

 Sarampo 

 A vacina contra o sarampo também está sendo aplicada junto com a vacina da gripe para crianças de seis meses a menores de cinco anos de idade. Foram aplicadas 23.658 doses para esse público, 37% do total previsto.  Os trabalhadores de saúde que estejam com doses de vacina contra o sarampo atrasadas também estão sendo vacinadas.

Foram aplicadas 1.231 doses para esse público.  As vacinas, contra gripe e sarampo, podem ser aplicadas no mesmo dia, assim como outras do Calendário Nacional de Vacinação. Dessa forma, pode-se aproveitar a ida ao Centro de Saúde para já atualizar a carteira de vacinas.

LEAVE A REPLY