SHARE
Para quem está sentindo falta das sessões de cinema e dos debates sobre as produções,  o Museu da Imagem e do Som (MIS) de Campinas informa o retorno da ação no formato chamado Cineclube Remoto. A curadoria é de Alexandre Sônego, gestor do MIS, e da pesquisadora Claudia Amoroso Bortolato.
A primeira  atividade será realizada no próximo dia 24 de junho, quarta-feira, às 20h, pela plataforma http://meet.google.com/aoe-eqen-zni, com a exibição da animação “O Burrico e o Bem-Te-Vi”, de Maurício Squarisi.
Após a sessão, será aberto o debate com as participações de Claudia Amoroso Bortolato (professora colaborativa na Unicamp, credenciada no programa de mestrado em Educação Escolar na Faculdade de Educação da Unicamp), Lara Ziggiatti Monteiro (violoncelista da Sinfônica de Campinas, Sinfônica da Unicamp, do Quarteto Darcos e diretora do Conservatório Carlos Gomes) e Maurício Squarisi (cineasta e cofundador do Núcleo de Cinema de Animação de Campinas).
“Considerando o período da quarentena e a necessidade   das pessoas terem acesso a espaço de debates e encontros, estamos retomando de forma gradual e colaborativa com alguns curadores, as atividades do cineclubismo por intermédio da plataforma digital”, anuncia o gestor do MIS.  As próximas datas serão divulgadas em breve.
Sala virtual
Sônego informa que a sala estará aberta a partir das 19h50 para a liberação da entrada.
Para quem for usar o computador é só clicar no link. Caso o acesso seja pelo celular, é preciso baixar o aplicativo na loja virtual.
O endereço da sala de exibição e bate papo é

LEAVE A REPLY