SHARE
A edição do Diário Oficial do Município (DOM) desta quinta-feira, dia 27 de agosto, publicou a homologação e adjudicação da concorrência para a execução das obras de reforma e adequações do Centro de Convivência Cultural de Campinas. A empresa Construtora Progredior Ltda. foi a vencedora do processo, com proposta no valor de R$ 17.895.453,20.
O valor final apresentado pela Construtora Progredior na concorrência é 20% menor em relação ao orçado inicialmente para o projeto da primeira fase de reabilitação do equipamento público. Dez empresas participaram do certame. Os envelopes de propostas foram abertos em 29 de maio, em sessão pública na Secretaria Municipal de Administração. Foram analisadas pela Secretaria de Infraestrutura, com avaliação técnica dos itens e verificação de suas conformidades com o solicitado no edital.
Agora, com a publicação da homologação do resultado pela Comissão de Licitação, o processo segue o trâmite normal. Será enviado para a Secretaria de Cultura para autorização da despesa e, posteriormente, a Administração encaminha para a Secretaria de Assuntos Jurídicos formalizar o contrato.
Recuperação
A concorrência nº 01/2020 cobre a recuperação estrutural, com intervenções no sistema de drenagem, eliminação de infiltrações, de fissuras e reparos em ferragens; impermeabilização e substituição completa das redes elétrica e hidráulica. Também serão feitas as adequações para acessibilidade e para atender as normas de segurança do Corpo de Bombeiros.
A verba para a realização da obra virá de um convênio com o Governo do Estado de São Paulo, que garantiu à Prefeitura de Campinas receber recursos de R$ 19,1 milhões para a primeira fase de recuperação do complexo cultural. No futuro, em uma segunda etapa, deverão ser atualizados os equipamentos da área cênica, de iluminação e acústica do teatro.
Marco histórico
O Centro de Convivência Cultural de Campinas (CCCC) faz parte da história da cidade desde 9 de setembro de 1976, quando foi inaugurado. Fica na Praça Imprensa Fluminense e tem projeto original do arquiteto Fábio Penteado.
A área total do teatro do Centro de Convivência é de cerca de 6 mil metros quadrados, sendo 4 mil de área externa (teatro de arena) e 2 mil de área interna (sala de espetáculo, salas de ensaio, galeria, áreas técnica e administrativa, banheiros e camarins).
O espaço já foi palco para grandes apresentações, peças teatrais e shows com artistas de projeção nacional e internacional. Desde a inauguração, o teatro e anfiteatro nunca passaram por uma reforma completa e estrutural como a que será realizada por meio do convênio com o Governo do Estado.

LEAVE A REPLY