SHARE

Campinas Restaurant Week aumenta frequência nas casas da nossa região. Não há dúvida que muita gente já estava com saudade de poder sair para almoçar ou jantar, saboreando pratos deliciosos e curtindo o passeio em família ou com os amigos. Com a vacinação em dia e a suspensão de restrições como uso de máscaras, limite de público ou horário, faltava apenas a ocasião. A 15ª Campinas Restaurant Week chegou para completar essa equação, com menus especiais a preços atrativos, estratégicos para garantir uma atração diferenciada para os restaurantes participantes: O resultado? Casa cheia e clientes satisfeitos.

Prato Primavera, do Bonana Café

Participando da Campinas Restaurant Week pela primeira vez, o La Merceria registrou a notória movimentação trazida pelo festival. “Quando aderimos à iniciativa, o objetivo era mostrar que existem boas opções gastronômicas também fora do eixo tradicional na cidade, muito centrado no Cambuí, e foi uma grata surpresa, vimos uma expansão de cerca de 25% na presença do público”, conta a proprietária Joseane Z. de Oliveira. “São sobretudo clientes novos, mas observamos também vários clientes fiéis da casa vindo experimentar as receitas do menu especial, falando que ficaram felizes em saber que estávamos participando, como uma chancela de qualidade mesmo”, diz.
 

Para Camila Coratti, gerente geral e chef executiva do Banana Café, que já marcou presença em quatro edições do festival, o fato de trazer um menu elaborado especialmente para o evento, sempre seguindo um determinado tema proposto, e que compõe uma experiência única para os clientes, é um diferencial que agrega sim um impulso extra para que o público prestigie as casas integrantes da Campinas Restaurant Week. “Vemos que chegam clientes novos, curiosos em conhecer os pratos”, aponta. “Até o momento, inclusive, o mais pedido é o Manga rosa, um delicioso pirarucu defumado com risoto de manga e dueto de molho”, revela.
 

Há oito anos na Campinas Restaurant Week, o Green House Gourmet também percebe um grande aumento no público que busca o estabelecimento durante a realização do festival. “Os temas de cada edição são sempre muito bem estudados, gerando um leque infinito para a criação dos pratos”, avalia o chef Sèbastien Michaut. “É sempre uma fonte de clientes novos e interessados na gastronomia, que buscam uma descoberta na explosão de sabores”, conclui.

Opções de menus oferecidos na 15ª edição da Campinas Restaurant Week*

Tradicional: R$ 49,90 (almoço) e R$ 64,90 (jantar) – com ingredientes já conhecidos e que não podem faltar em um bom menu. É o famoso “todo mundo gosta”!

Plus: R$ 59,90 (almoço) e R$ 74,90 (jantar) – com aquela pitada de chef que deixa o prato sofisticado!

Premium: R$ 69,00 (almoço) e R$ 99,00 (jantar) – com tendências gastronômicas do Brasil e do mundo.

*Consulte no site os cardápios disponíveis em cada restaurante participante.

Clientes podem também colaborar com ação social

Durante toda a 15ª Campinas Restaurant Week, o consumidor poderá adicionar o valor de um real no fechamento da sua conta, que será revertido para a Associação Anhumas Quero-Quero (AAQQ). A entidade tem como missão ser agente de mudança e da inclusão social para uma convivência cidadã e pacífica. Esse propósito é concretizado através de projetos socioeducacionais para crianças e jovens, que possibilitam a integração intergeracional e promovem a empregabilidade e o empreendedorismo. Visite o site.

Restaurantes participantes da 15ª Campinas Restaurant Week

Campinas: Ají com Mel (peruana), Banana Café (contemporânea), Cantina Fellini (italiana), Casa Belga (francesa e italiana), Casa Peruana (peruana), Castanea (brasileira), Catedral do Chopp (brasileira), Chef Antonello (contemporânea), Deleita-t (frutosdo mar), Duo Bruschetteria e Bottega (italiana), Famiglia Gianni Ristorante (italiana), H2 Club (brasileira), Home BBQ (carnes e grelhados), La Merceria (mediterrânea), La Palette (francesa), Lagundri (tailandesa), L’Entrecote de Paris (francesa), Maui Poke House (americana), Naturol Gastronomia (natural), New Brown (churrascaria), Olive Garden (italiana), PizzaD’Oro (pizzaria), Pobre Juan (contemporânea), Sala 575 (contemporânea), sMeat Steakehouse (brasileira), Strog&Noff (contemporânea), Taberna Chicko (portuguesa), Winecloud (empório). Valinhos: Laura e Francesco Cucina Italiana (italiana). Indaiatuba: Green House (francesa)

Casas estreantes: Castanea,Deleita-t, H2 Club, La Merceria, sMeat Steakhouse, Winecloud.

LEAVE A REPLY