SHARE

Litorina, veículo automotriz, conduziu autoridades para Valinhos após a audiência pública sobre o TIC

A Estação Cultura recebeu uma ilustre visita: a “Litorina”, vagão de luxo da Companhia de Trens Metropolitanos (CPTM) destinada ao transporte de autoridades. O vagão foi utilizado após a audiência pública sobre o projeto do Trem Intercidades (TIC), que ocorreu ontem, segunda, dia 16, no Salão Vermelho do Paço Municipal , para conduzir o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy de Sant’Anna Braga; o prefeito Dário Saadi; o presidente da CPTM, Pedro Moro, e outras autoridades até Valinhos, no traçado que será futuramente realizado pelo TIC.

“O Trem Intercidades é estratégico e fundamental para a Região Metropolitana de Campinas”, disse o prefeito Dário Saadi.

A “Litorina” é um veículo automotriz (com tração própria) movido a diesel, que foi fabricada em 1962 pela “The Budd Company”. Ela integrou uma frota composta por outros carros similares, que prestavam serviços de luxo na rota São Paulo – Rio de Janeiro, nas décadas de 1960 e 1970.

O veículo foi totalmente reformado em 2010, quando o atual presidente da Empresa Municipal de Desenvolvimento de Campinas (Emdec), Ayrton Camargo e Silva, atuava na CPTM. “Foi um grande prazer participar do projeto da reforma da automotriz. Ela estava estacionada em um galpão da ferrovia e foi totalmente revitalizada, ganhando uma nova utilidade”, aponta o presidente da Emdec.

Maurício Silva da Trindade é técnico de Manutenção, Projetos e Obras da CPTM e estava na “Litorina”, que chegou na Estação Cultura no final da manhã de segunda-feira, 16 de agosto. “No passado, ela era um trem carro-buffet, com capacidade para 30 lugares”, lembra o técnico.

Com a reforma e revitalização, agora há espaço para 60 passageiros, em poltrona reclinável. Também há uma sala de reuniões modular, montada em ocasiões especiais, para 11 pessoas, equipada com mesa e monitor multimídia, que pode ser separada do restante do salão por uma porta. Quando não é utilizada, a sala é facilmente desmontada, dando lugar às poltronas. A automotriz também tem sistema de ar-condicionado e isolamento acústico.

A minicozinha foi preservada. Mas agora conta com novos equipamentos elétricos, em substituição ao gás, como forno elétrico, forno micro-ondas, freezer. Os banheiros foram modernizados. Toda parte interna também foi reformulada.

Expresso Turístico

A “Litorina” integra o projeto do “Expresso Turístico”, que foi inaugurado em abril de 2009 e também teve a coordenação de Ayrton Camargo e Silva, quando esteve na CPTM. O “Expresso Turístico” foi concebido com o objetivo de integrar pontos de interesse turístico localizados ao longo da malha ferroviária da Região Metropolitana de São Paulo, e nasceu com três roteiro: Luz – Paranapiacaba; Luz – Jundiaí; e Luz-Mogi das Cruzes.

O “Expresso Turístico” é um serviço diferenciado de transporte ferroviário, que articula polos turísticos acessíveis pelas linhas da CPTM, dentro de uma programação de visita com duração de um dia. O serviço foi retomado no último dia 8 de agosto, após interrupção, desde o início do ano passado, por conta das medidas de contenção do avanço da pandemia de coronavírus (Covid-19). Atualmente, são realizadas as viagens Luz – Paranapiacaba

LEAVE A REPLY